Ansiedade nos Estudos

Desde que a OMS decretou a pandemia do coronavírus, passamos a conviver com sentimentos de medo e dúvida. O distanciamento social também aumenta nossos níveis de angústia. Como então lidar com a ansiedade e estudos nessa quarentena?

Esse é um desafio, afinal, as metas continuam, mas precisamos estar bem mentalmente para ter o foco necessário para poder estudar.

Ter uma rotina estruturada é fundamental para o bom funcionamento da nossa mente e corpo, mas deve-se entender que estamos perdendo o controle porque houve essa ruptura da rotina muito repentina.

O segredo é não deixar o seu corpo parado. É preciso oxigenar e levar nutrientes para o cérebro, então pratique atividades físicas sempre que puder. Outra dica é não descuidar da alimentação e do sono, pois são agentes fundamentais para o controle da ansiedade.

Não se sabe exatamente o que acontece de fato no cérebro quando estamos ansiosos. Uma linha de pesquisa acredita que a ansiedade envolva o córtex pré frontal e a amídala cerebelosa. Esta região do cérebro é fundamental para o aprendizado e a memorização, e também, para reações psicológicas e comportamentais ao medo. Um estímulo externo – como cheiro, audição, gosto – ativa diversas áreas do cérebro, inclusive a amídala. Em uma situação normal, a amídala é controlada pelo córtex pré frontal, que avalia a ameaça relacionada ao estímulo. Caso o estímulo não seja ameaçador, as atividades nas amídalas são suprimidas. Porém, se for uma ameaça real, a reação de medo nas amídalas é mantida.

Felizmente, nada nesse mundo dura pra sempre e essa situação em que o mundo se encontra atualmente um dia irá passar, então respire fundo para se acalmar e vá trabalhando, em paralelo, a sua autoconfiança. Aproveite para se conhecer, para descobrir novas coisas sobre si mesmo e mantenha uma boa rotina de atividades físicas, alimentação balanceada e sono regulado.

Mas lembre-se: contar com a ajuda profissional ainda é a melhor solução, pois só assim você terá o apoio especializado e tratamento apropriado para contornar os problemas causados pela ansiedade.